Buscar
  • Rede RM

Bahianinho cresce e se transforma no jovem CB

O porta-voz da Casas Bahia é mais digital e um grande ativista das causas ambientais e de sustentabilidade.


O mascote mais famoso do Brasil vai se transformar. O Bahianinho acompanhou a evolução do varejo nacional, cresceu, está mais moderno, digital e, assim como a Casas Bahia, que mudou recentemente seu posicionamento, representa todos os brasileiros. Agora ele assume novo papel institucional e passará a ser conhecido como CB.

Criada pela agência Y&R, a campanha de lançamento do novo personagem estreia nas redes sociais nesta sexta-feira (16) e na TV, em rede nacional, com o filme "Quero ser grande", no próximo domingo (18). Com a volta aos anúncios em TV e em um relacionamento próximo com o cliente, o CB ganha voz. Ele vai falar com uma linguagem leve, animada e expressiva, se comunicando com entusiasmo e sempre iniciando seus vídeos com uma apresentação calorosa e em Libras, reforçando sua preocupação com a inclusão.

"Pra mostrar como o Bahianinho cresceu e se tornou o CB, criamos uma história em que o personagem antigo se depara com todas as mudanças que estão acontecendo com a marca e percebe que precisa evoluir pra fazer parte dessa transformação. Além dos filmes também planejamos uma série de conteúdos onde vamos mostrar a jornada do CB pelo Brasil se encontrando com várias personagens que vão ajudá-lo na missão de se tornar um influencer digital que conhece de perto o Brasil e o Brasileiro", declara Cristian Santoro, ECD da Y&R.

Ao longo de sua história, o personagem, criado em 1960, foi repaginado algumas vezes. Mudou o cabelo, os traços do rosto, roupas, trocou as botas por tênis, o chapéu por boné, e foi ganhando cada vez mais personalidade e presença nas ativações das Casas Bahia. Além da mudança visual e de idade - agora ele é um adolescente - o CB passou por outras transformações. Representando bem sua geração atual, o jovem é hiper conectado e um ativista em causas ambientais, sociais e de sustentabilidade. Embora mantenha o aspecto divertido, o CB tem mais responsabilidades como porta-voz da marca, prestando assistência aos clientes e traduzindo a linguagem digital para os mais velhos.

"A nova fase da marca exige um porta-voz que personifique esses valores e essa personalidade. Transformar o Bahianinho no jovem CB permitirá que ele se comunique com os clientes e que também atue como mais um ponto de humanização no relacionamento com o cliente e em diferentes temas como a tecnologia e a sustentabilidade. Frentes que também dão a tônica na transformação em andamento na companhia desde o ano passado", destaca o CEO da Via Varejo, Roberto Fulcherberguer.

"O CB é um jovem moderno e ativista que não só vai ser o porta-voz da marca, mas vai também prestar uma verdadeira assistência na jornada de compra do consumidor, dando dicas sobre produtos e serviços", completa Ilca Sierra, diretora de Marketing e Comunicação Multicanal da Via Varejo.

Sustentabilidade

A sustentabilidade será a grande bandeira levantada pelo novo CB. Ele vai ajudar a promover as diferentes iniciativas que a companhia Via Varejo realiza na área como o Reviva, programa de reciclagem, que desde 2015 atua em parceria com cooperativas espalhadas pelo Brasil e uma delas possui uma central de triagem dentro do centro de distribuição de Jundiaí. A iniciativa já recicla mais de 10 mil toneladas de resíduos por ano e beneficia mais de 250 famílias de cooperados. Atualmente, a reciclagem de embalagens da operação já é implantada em 100% da companhia, incluindo lojas Casas Bahia e Pontofrio, CDs, Fábrica de móveis e escritórios.

O CB também vai falar sobre economia circular e de baixo carbono e a importância da logística reversa e descarte correto do lixo eletrônico, incluindo os mais de 200 pontos de coleta de eletroeletrônicos nas lojas Casas Bahia e Pontofrio no sudeste, que a Via Varejo disponibiliza em parceria com a Green Eletron, gestora de logística reversa da Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica). A iniciativa já realizou a coleta de mais de seis toneladas de resíduo eletrônico, incluindo telefones, pilhas, peças e cabos de impressoras, computadores, televisores, cafeteiras, entre outros eletrônicos e eletro portáteis de pequeno e médio porte.

Releitura hiper-realista

O desenvolvimento do novo visual do personagem ficou sob responsabilidade do estúdio Miagui, que, em 2015, já havia desenvolvido uma releitura do personagem para uma campanha de games que foi muito bem recebida tanto pelo público interno quanto externo. A releitura feita para este projeto serviu como inspiração e ponto de partida para a nova fase. "Recebemos o convite da Via Varejo como um grande presente. Com tamanha responsabilidade, tomamos o cuidado de estudar toda a evolução do personagem ao longo dos anos para identificar quais as características o tornam único e reconhecível. Nossa abordagem foi manter a essência do personagem original, incorporado em uma linguagem mais moderna, lúdica e hiper-realista, inspiradas por produções high end de estúdios como Disney e Pixar", comenta Cássio Braga, diretor criativo do estúdio Miagui.

A partir de uma pesquisa profunda na evolução anatômica e comportamental do personagem, todo o processo de redesign se baseou em uma reinterpretação das características originais. Um dos principais objetivos, de acordo com o diretor do estúdio, foi restabelecer o CB com características mais inclusivas, plurais e com a cara dos brasileiros, assim como o novo posicionamento da marca.

Além das campanhas digitais e offline que estreiam nesta semana, uma nova ação no digital, chamada "Evolução", uma co-criação entre Miagui e Y&R, será lançada dia 20 e trará toda a evolução da criança para o adolescente CB, que poderá ser visto constantemente nas redes sociais da Casas Bahia (Facebook e Instagram).





(materia enviada)


1 visualização

©2020 por Rede RM. Orgulhosamente criado com Wix.com