Buscar
  • Rede RM

Impacto da música para o público e os artistas durante a pandemia


Em meio a pandemia, vários artistas tiveram que inovar e buscar inspirações para se reinventar e conquistar o público. Visto que, infelizmente com o avanço da doença, como muitos já sabem, casas de show, bares, museus e espaços para apresentações tiveram que fechar para conter a propagação do vírus.


A partir disso, algumas soluções precisam surgir. E essas mudanças foram fundamentais para que os artistas continuassem tendo alguma fonte de renda e para influenciar as pessoas a ficarem em casa com a família. Afinal, a arte e o entretenimento são uma das melhores formas de distração e aumento do sentimento de felicidade.


Transmissões ao vivo, conhecidas como lives, são feitas por plataformas como Youtube, Facebook e Instagram, e são uma das principais estratégias para seguir com os shows sem a presença do público. O duo Ana Brasil e Ronaldo, apostou nessa modalidade para levar alegria aos amantes da Bossa Nova. “Eu diria que a live foi e é nossa tábua de salvação neste momento de pandemia.  Desde abril fazemos as lives todas as quartas e domingos às 20 horas, porém devido a produção e lançamento do novo Single , permanecemos aos domingos. Não podíamos nos distanciar do público que admira o nosso trabalho e nos sentimos acolhidos,  pois através dos comentários,  desta troca semanal nos alimentamos deste amor, uma via de mão dupla. Além de cantarmos nosso trabalho autoral, atendemos aos pedidos dos seguidores, que ao final transformou-se em nossa família virtual”, contam Ana Brasil e Ronaldo.


Uma das vantagens de se apresentar através de lives é não precisar de grandes produções ou ter muitas pessoas envolvidas no processo, basta uma câmera e um microfone que o público consegue admirar o trabalho do artista. Além disso, ajuda na ansiedade e consequentemente deixar as preocupações de lado, nem que seja por poucos minutos ou horas.


Outro desafio era dar continuidade a lançamentos de singles e álbuns, e tentar descobrir a canção ideal para o momento em que estamos vivendo. Ana Brasil e Ronaldo estão no processo de produção de um single juntamente com o clipe que aborda a necessidade de criar novos ciclos e dar tempo ao tempo.


De acordo com o núcleo de pesquisa sobre o mercado de música no Brasil, DATA SIM, cerca de 81% dos shows foram adiados desde começo da pandemia, e por isso, é preciso continuar procurando formas de mover esse mercado, seja de forma colaborativa ou com patrocínios e criar soluções para se adaptar até que tudo volte a normalidade.


Ainda não temos datas exatas de quando vai ser possível lotar casas de shows novamente e curtir o calor da música junto com as pessoas que amamos. Por mais que a situação esteja melhor, eventos maiores precisam ser repensados até a chegada da vacina, e por isso, inovar se torna fundamental, para que os artistas superem a crise e ajudem a alegrar a população que busca cada vez mais formas de distração e entretenimento




(materia enviada)


4 visualizações

©2020 por Rede RM. Orgulhosamente criado com Wix.com