Buscar
  • Rede RM

Orquestra Sinfônica Heliópolis volta aos palcos ao lado da cantora Paula Lima no Auditório do MASP


O concerto que retoma a Temporada 2020 será sem plateia e transmitido no dia 13 de setembro, às 11h, no formato de live por meio do YouTube do Instituto Baccarelli


São Paulo, 4 de setembro de 2020 - O Instituto Baccarelli - uma das organizações sem fins lucrativos mais respeitadas no Brasil por proporcionar ensino de excelência combinando três eixos: cultural, educacional e social - anuncia a volta aos palcos da Orquestra Sinfônica Heliópolis (OSH), que retoma a Temporada 2020 trazendo como convidada a cantora Paula Lima. A apresentação, com regência de Edilson Ventureli, acontece no Auditório do MASP no dia 13/9, às 11h, sem a presença de público e com transmissão ao vivo pelo YouTube do Instituto Baccarelli. Para receber acesso ao link do evento, é necessário garantir a presença por meio da plataforma Sympla.

A temporada de concertos no Auditório do MASP é uma iniciativa do Instituto Baccarelli em parceria com o museu, que já ocorre há cinco anos a preços populares e marca o encontro da orquestra com grandes nomes da música brasileira. A última apresentação aconteceu em novembro de 2019 e a próxima, que ocorreria em março deste ano, foi adiada por conta da pandemia. A orquestra e os outros grupos artísticos do Instituto Baccarelli também têm uma temporada fixa no Theatro Municipal de São Paulo, que segue fechado. Por isso, a Temporada 2020 do Instituto será realizada apenas no MASP, unindo erudito e popular na programação.

Seguindo o protocolo de segurança sanitária para prevenção contra a Covid-19, a OSH se apresentará com apenas 45 alunos instrumentistas, um teclado e um contrabaixo. A orquestra estará sem os instrumentos de madeira (flauta, oboé, clarinete e fagote), porque eles emitem mais ar e, portanto, oferecem mais risco de dispersão do vírus.

Além disso, a disposição das cadeiras e estantes seguirá o distanciamento recomendado de 1,5 metros para cordas e 2 metros para os sopros em todas as direções (raio de 2 metros). Os integrantes farão o uso de álcool gel para higienização das mãos, com medição de temperatura e seguirão rigorosamente o protocolo para higienização dos cases e instrumentos.

A live será apresentada pela violinista Julliana Cavalcanti, professora do Instituto Baccarelli, que já foi aluna do Instituto e, também, membro da Orquestra Sinfônica Heliópolis. Ela fará a interação entre Paula Lima, o maestro e o público nas redes sociais.

Na primeira parte, a orquestra apresentará a "Serenata para cordas", de Tchaikovsky. Em seguida, Paula Lima trará um repertório com os sucessos que marcam sua carreira, como: "Meu Guarda Chuva" (Jorge Benjor); "É isso aí" (Sidney Miller); "Tirou Onda" (Acyr Marques/Arlindo Cruz/Maurição) e outras.

"É uma alegria e uma emoção retornar ao palco do MASP, nesse projeto tão bonito que une a música clássica com o melhor da música brasileira, desta vez com a participação e o apoio da cantora Paula Lima. O Instituto Baccarelli, ressalta a importância da música durante a quarentena - ainda presente nas nossas rotinas - e reforça sua importância na transformação de realidades", afirma Edilson Ventureli, também diretor executivo do Instituto Baccarelli.


SERVIÇO Nome do Evento: Orquestra Sinfônica Heliópolis convida Paula Lima

Local: Auditório do MASP - Transmissão ao vivo pelo canal do YouTube do Instituto Baccarelli - www.youtube.com/institutobaccarelli

Data: 13 de setembro - Domingo

Horário: 11h

Acesso ao Evento: http://www.sympla.com.br/orquestra-sinfonica-heliopolis-convida-paula-lima__959359


Sobre o Instituto Baccarelli

O Instituto Baccarelli é uma das organizações sem fins lucrativos mais respeitadas no Brasil por proporcionar ensino de excelência combinando três eixos de grande importância: cultural, educacional e social. Além disso, formou a primeira orquestra do mundo em uma favela, quebrando diversas barreiras. Com direção artística e regência de um dos maiores maestros da atualidade, Isaac Karabtchevsky, a instituição oferece todas as atividades gratuitamente e tem sua sede na comunidade de Heliópolis, onde atua há 24 anos, como agente de transformação social por meio da arte. Mais do que dar acesso ao ensino musical, o instituto mostra um futuro com mais perspectivas àqueles que, pela desigualdade, são colocados à margem da sociedade.





(matéria enviada)


4 visualizações0 comentário

©2020 por Rede RM. Orgulhosamente criado com Wix.com